terça-feira, 24 de maio de 2016

Jardim do outono

Como cuidar das flores e plantas no outono

postado em 20/05/2016 11:24 / atualizado em 20/05/2016 12:31 Lilian Monteiro /Estado de Minas


Projeto da paisagista Erly Hooper destaca as espécies de plantas ideais para o clima ameno do outono - Daniel Mansur/Studio Pixel


Por que não falar das flores? Não é só a primavera que tem seu encantamento, o outono está aí e a natureza presenteia todos com sua beleza. A paisagista Erly Hooper, com trajetória de 40 anos mergulhada no universo das plantas, explica que, com a queda das temperaturas, ainda que com dias ensolarados, “algumas plantas têm o auge da sua beleza nas estações mais frias do ano. No outono, elas já começaram a ensaiar para que no inverno estejam floridas. Algumas que combinam com esse clima são as camélias, eufóbias, azaleias e buganvílias, porque florescem nesta estação”.






Em quatro décadas de carreira, Erly conta que foi uma longa estrada com muitos desafios e momentos difíceis. Porém, a colheita foi de muito bons resultados. “O paisagismo é uma profissão multidisciplinar. São necessários conhecimentos técnicos e estéticos. Ter vocação, aptidão e talento é importante para um bom profissional.” Ela enfatiza que a função do paisagista é colocar arte principalmente nas áreas externas, mas pode trabalhar nas internas com vasos e jardins verticais. “É um trabalho de arte, paciência e dedicação. E o resultado traz muita satisfação. Depois do preparo do terreno e do plantio, o jardim precisa de cuidado e manutenção, esperam-se meses ou até anos para se chegar ao resultado desejado.”

Não é para qualquer um comemorar 40 anos de profissão. Erly lembra que foram muitas oportunidades. “Sou muito agradecida a todos os meus clientes pelas oportunidades de realizar minha atividade com grande prazer, atividade que amo tanto.” Além do seu trabalho e portfólio, ela assumiu o papel de ensinar, passar seu conhecimento. “Durante esses 40 anos, vários profissionais exerceram suas atividades sob a minha orientação e tiveram oportunidades de crescer profissionalmente. Formei vários que nunca tinham trabalhado na área”, conta.

Com tanta experiência, Erly é daquelas pessoas que se emocionam e conversam com as plantas. Cuidadosa, não se imagina longe delas. Por isso, é generosa ao indicar qual espécie todos devem ter por perto neste outono. “Na área interna, recomendo as orquídeas, antúrios de todas as cores e também o espatifilo. As folhagens também são boas opções, como as asplênio, jiboia, peperômias e filodendros. Já nas áreas externas, as plantas de maior porte, como as quaresmeiras e paineiras; as trepadeiras, como clerodendo, jasmim-dos-poetas; e os arbustos, como a azaleia, são escolhas perfeitas.”

COLORIDA Erly ensina que não é só na primavera que temos a chance de ter a casa florida e colorida. “O jardim pode ficar florido tanto no outono quanto no inverno. As azaleias, camélias, buganvílias e eritrinas vão ficar lindas e cheias de flores no inverno.” A paisagista lembra que em cada estação as plantas se comportam de uma maneira e cada espécie tem sua necessidade, mais água, menos água, mais sol ou apenas sombra. No outono, ela destaca, com os dias mais curtos, as plantas começam a entrar no período de descanso vegetativo. Esse ciclo da vida é muito bonito, as espécies caducas perdem as folhas para renovar na primavera. Nessa estação, as plantas necessitam menos de água e espécies com flores exigem um pouco mais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário